RÁDIO TROPICAL FM 104.9: Junho 2014

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Amores Roubados e Amor à Vida se consagram como melhores do ano, em premiação

Taís Araújo e Lázaro Ramos apresentaram o 16º Prêmio Contigo! de TV

Depois de algumas edições tendo Luis Fernando Guimarães e Fernanda Torres como mestres de cerimônias, o Prêmio contigo abriu passagem para uma nova dupla. Na noite desta segunda-feira (28), no Copacabana Palace, na Zona Sul carioca, a revista de celebridades teve na 16ª edição de sala premiação de tevê, o casal Taís Araújo - de aplique nas madeixas - e Lázaro Ramos como apresentadores.
"O Prêmio é sempre uma oportunidade da gente encontrar colegas de profissão e confraternizar, celebrar os trabalhos feitos. Apresentar do lado do Lázaro me dá um conforto pela intimidade e, claro, porque ele é um artista que me estimula muito profissionalmente", disse a atriz, emendando num belo beijo no marido.
Repleto de famosos, o evento consagrou a série Amores Roubados como a melhor do ano, e premiou atores que trabalharam na produção. Cauã Reymond foi escolhido como Melhor Ator de Série e Minissérie, por sua atuação como o sedutor Leandro Dantas. Ele recebeu o troféu das mãos de Deborah Secco. E Dira Paes empatou com Fernanda Montenegro da categoria Melhor Atriz de Série e Minissérie. Fernanda, que se destacou em Doce de Mãe,  não compareceu, e Dira subiu sozinha ao palco do Copa.
"Estou muito honrada em receber esse prêmio, que dedico ao meu filho, Inácio! Isso mostra que as belezas brasileiras estão vivas, tanto as mais novas quanto as mais maduras! Essa minissérie foi feita com muita alegria e muito amor!", disse ela em seu discurso.
Dira, de 45 anos, ganhou na categoria Mulheres Extraordinárias da TV, prêmio especial criado pela L'Oreal Paris. Ela concorreu com Cissa Guimarães e Isabel Fillardis, e recebeu o troféu das mãos de Isabeli Fontana, embaixadora da marca. Dira recebeu o prêmio por sua atuação à frente da Ong Movimento Humano, que luta contra o trabalho escravo, o tráfico de pessoas e a exploração de crianças.
"Extraordinárias são as pessoas que conseguem sobreviver com um salário mínimo!", disse ela.
Amor à Vida foi eleita a Novela do Ano, e o autor da trama, Walcyr Carrasco, recebeu o troféu das mãos de Letícia Spiller. A trama concorreu com Chiquititas, Dona Xepa, Em Família, Joia Rara e Sangue Bom.
Consagrando definitivamente o insuperável Féliz, Mateus Solano ganhou como Melhor Ator de Novela, por seu personagem em amor à Vida. E se emocionou ao recebeu o prêmio  das mãos de Thiago Fragoso, seu parceiro de cena.
"Que bom é receber esse prêmio pelas mãos do carneirinho. Gostaria de agradecer também as pessoas anônimas que fazem o Félix continuar vivo até hoje, principalmente com perfis nas redes sociais", disse Mateus, que deu um selinho em Thiago.
As maldades de Aline, de Amor à Vida, fizeram com que Vanessa Giácomo vencesse a categoria Melhor Atriz.
Tatá Werneck garantiu o prêmio de Atriz Revelação e, claro, fez piada.
"Esse prêmio... eu vou derreter! Brincadeira, gente. Ele encerra um ciclo da minha vida que foi muito importante", agradeceu.
Elizabeth Savalla foi eleita a Melhor Atriz Coadjuvante, pela Márcia, de Amor à Vida. A triz foi representada pelos filhos, que receberam a estatueta das mãos de Chay Sued.
O prêmio de ator coadjuvante foi para Thiago Fragoso, por sua atuação como o Nikko, em Amor à Vida.
"O Niko representa um olhar puro, ele é o tipo de pessoa que acreditava em conto de fadas, o que foi inédito sobre o assunto. Isso só foi possível porque o Walcyr proporcionou isso", agradeceu.
A categoria Autor de Novela consagrou a dupla Maria Adelaide mdo Amaral e Vincent Villari, por Sangue Bom. Coube à Fernanda Vasconcellos acompanhar Vincent ao palco, porque Maria está em Oslo, na Noruega
Na categoria Atriz Mirim, Mel Maia levou a melhor, por sua atuação como a Pérola, de Joia Rara.
"Eu agradeço muito o carinho que vocês me dão. Eu estou muito feliz! Vou dividir o prêmio com todos vocês!", disse a pequena.
Tomás Sampaio, o Serelepe de Meu Pedacinho de Chão, foi eleito o Melhor Ator Mirim. 
Meu Pedacinho de Chão ainda faturou outro prêmio, consagrando na dupla Luiz Fernando Carvalho e Carlos Araújo como Melhor Diretor. Atores da trama, Bruna Linzmeyer a Antonio Fagundes entregaram a estatueta aos diretores.

 

Beyoncé não foi ao casamento de Kim Kardashian para evitar "circo midiático"

A cantora e Jay-Z são muito amigos de Kanye West, mas se recusaram a ir

De novo surge o assunto de porque Beyoncé não foi ao casamento de Kim Kardashian e Kanye West, na Itália, em maio passado. De acordo com uma fonte da coluna Page Six, do jornal The New York Post, 'porque Beyoncé não ia deixar uma Kardashian subir socialmente graças a ela'.
A publicação afirma que a intérprete de Drunk in Love, de 32 anos, se recusou a ser o segundo plano da noiva, durante a festa altamente divulgada.
"Beyoncé não ia deixar uma Kardashian subir socialmente graças a ela, eles mantém seu status (...) Jay-Z não queria Kanye com Kim - ele acha que é ruim para os negócios. Acho que Jay perdeu um pouco de respeito por Kanye", justificou o informante ao diário.
A cantora teria dito várias vezes que ela e o marido  não deveriam se meter nisso, porque o casamento seria um circo midiático, e não queria fazer parte disso.

 

CHAT

Pedir Música

Cachoeirarte

Cachoeirarte
Homenagem A Tropical FM 104.9